WhatsApp bloqueado de novo

WhatsApp-bloqueado

WhatsApp afirma ter cooperado com Justiça e se decepciona com bloqueio

O WhatsApp, que foi bloqueado nesta segunda-feira (2) por determinação judicial, informou ter cooperado com a Justiça brasileira e se disse decepcionado com a suspensão do app no país. Esta é a segunda vez que o aplicativo de mensagens fica fora do ar no país, a primeira foi em dezembro de 2015.

“Depois de cooperar com toda a extensão da nossa capacidade com os tribunais brasileiros, estamos desapontados que um juiz de Sergipe decidiu mais uma vez ordenar o bloqueio de WhatsApp no Brasil”, afirmou a empresa por meio de uma nota.

Segundo o WhatsApp, a decisão “pune mais de 100 milhões de brasileiros que dependem do nosso serviço para se comunicar e administrar os seus negócios para nos forçar a entregar informações que afirmamos repetidamente que nós não temos”. A companhia voltou a dizer que não tem as informações solicitadas pela Justiça brasileira.

Continue reading

Facebook pagará por vídeos

Facebook desafia YouTube e pagará criadores de vídeos publicados no site
Rede social vai dividir faturamento de publicidade associada aos vídeos.
Só nos EUA, receita do segmento deve ser de US$ 7,7 bilhões em 2015.

O Facebook lançou uma ofensiva nesta quinta-feira (2) contra o domínio do YouTube sobre a publicação de vídeos online. A rede social anunciou que passará a dividir a receita com os criadores desse tipo de conteúdo.

O novo modelo de publicidade em teste é parte dos “Vídeos sugeridos”, função criada para sugerir clipes com base com a atividade do “feed” de notícias.

“Fizemos um novo teste de vídeos sugeridos, que permite às pessoas encontrar vídeos similares aos de que gostaram”, afirmou um porta-voz da empresa.

facebook-video-g1

Com isso, o Facebook poderá oferecer a editores de vídeo 55% da receita decorrente da publicidade associada à visualização do anúncio. Os anúncios serão inseridos entre os clipes, e os editores de vídeo serão remunerados de acordo com a duração deles.

O Facebook não revelou o valor dos anúncios de vídeo. O som será ativado automaticamente para os anúncios, o que não acontece hoje.

Leia mais no G1 Tecnologia

Mac roda aplicativos Android com o BlueStacks

BlueStacks chega ao Mac para permitir rodar jogos e aplicativos Android no sistema da Apple

mac android bluestack

Há quatro anos vimos a chegada do BlueStacks, uma ferramenta que possibilitava rodar os aplicativos do sistema móvel Android em máquinas Windows. Algum tempo depois uma versão beta para usuários Mac foi disponibilizada, mas agora já podem contar com o BlueStacks oficialmente no sistema da maçã.

A proposta do BlueStacks, que já possui 90 milhões de usuários no Windows, é emular o sistema da Google presente na maioria de smartphones e tablets do mercado, para quequalquer jogo ou aplicativo Android (de uma lista com mais de 750 mil opções) possa ser utilizado em uma tela maior de computadores e Macs, com teclado e mouse/touchpad ou trackpad.

Continue reading

Publicidade Facebook da União e passa veículos tradicionais

Verba estatal federal para rede social cresce mais de 100% ao ano desde 2011

Rede social recebeu R$ 24 milhões em 2014 da administração dilmista

Valor supera o pago ao jornal e ao portal que mais ganharam no último ano da União

Google e YouTube perdem fôlego na preferência de estatais e órgãos do governo

O Facebook recebeu R$ 24 milhões em 2014 de órgãos do governo federal para veicular publicidade, 118% a mais do que havia levado em 2013.

Os dados inéditos obtidos pelo UOL mostram o crescimento meteórico da rede social de Mark Zuckerberg no mercado publicitário brasileiro.

A União começou a fazer propaganda no Face em 2010. O pioneiro da administração federal foi o Banco do Brasil, que investiu naquele ano modestos R$ 8.100. Em 2011, o bolo federal total para a rede social superou R$ 1 milhão. Em 2012, quebrou-se a barreira dos R$ 10 milhões.

Os dados estão na tabela abaixo:

 

redes_sociais

 

Mais dados da matéria do Fernando Rodrigues aqui.

 

Agora, qual o interesse tão grande em propaganda em uma rede que sabemos, não ser “tão confiável” assim? Vai entender.

Porque os dados são muito interessantes como este:

As verbas publicitárias federais destinadas ao Face ficam acima das recebidas pelo jornal impresso “O Globo”, o que mais teve propaganda estatal da União em 2014 –R$ 21 milhões.